DJONGA É NOTIFICADO POR USO DE SAMPLER DE TIM MAIA



Herdeiro de Tim Maia, Carmelo Maia acusa o rapper mineiro Djonga de uso indevido de um sampler do cantor e pode levar o caso a justiça

Djonga – Créditos: @djongador (Instagram)

De acordo com matéria publicada pela Folha de São Paulo, pela jornalista Mônica Bergamo que entrevistou o herdeiro de Tim Maia, Carmelo Maia, filho do cantor já falecido alega que o rapper de Minas Gerais utilizou trecho da música “Contacto com o mundo racional” sem pedir autorização legal de direitos autorais. A música citada faz parte do álbum “O Menino que queria ser Deus”, lançado em 2018 pelo rapper e teve produção de Coyote Beats, a faixa chamasse “Eterno”.

Segundo o filho do cantor Tim, considerado rei da soul music nacional com grandes sucessos em toda a sua carreira, diz ter ficado desapontado e pasmo com a situação. Carmelo, declarou em entrevista a Folha que espera que o rapper e o produtor Coyote se pronunciem e de alguma forma façam um acordo com ele, caso contrário, o caso irá parar nas vias judiciais.

Já a equipe de Djonga, diz ter adicionado o cantor como co-autor da obra e trabalham para chegar em um entendimento plausível, mas Carmelo cobra uma divisão dos lucros da música que segundo ele, já rendeu por volta de R$ 100 mil reais a Djonga.

Maia, afirma que não é só pelo dinheiro e sim sobre os créditos e a falta de respeito que Djonga e sua equipe não tiveram com a obra do seu pai. De acordo com a defesa de Coyote e Djonga eles tentaram chegar em um acordo com Maia, porém, o filho de Tim quer uma divisão no fonograma que segundo a equipe de Djonga e Coyote se trata de algo abusivo e fora dos padrões praticados no mercado.

O uso de sampler no Rap é comum, o próprio Tim Maia, já teve várias músicas suas sampleadas por artistas e bandas de Rap nacional, o caso mais famoso é a música “Homem na Estrada” dos Racionais MC’s que utilizaram não só a instrumental mas trechos de Tim cantando a música “Ela Partiu”, do álbum Tim Maia Racional, de 1975 lançado pela gravadora Seroma e gravado nos estúdios RCA no Rio de Janeiro em meados de 74.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: